Cinco livros escritos por mulheres negras para inspirar e empoderar outras mulheres.

22/03/2023
Por Bárbara Rodrigues, 22 de Março de 2023

Como ainda estamos no mês que comemoramos o dia internacional da mulher resolvi trazer para vocês cinco indicações de livros que não só foram escritos por mulheres negras, mas também livros com protagonistas negras fortes e dignas de inspiração.

Eu sei porque o pássaro canta na gaiola:

Já começamos com a autobiografia de uma das autoras mais importantes da literatura americana, nesse livro conhecemos desde a infância de Maya Angelou, até o início de sua vida como escritora. Um relato de muitas dificuldades e abusos, mas acima de tudo um exemplo de superação.

A Poeta X:

Escrito por Elizabeth Acevedo, autora americana com grande destaque no gênero jovem-adulto, o livro conta a história Xiomara uma adolescente com ascendência afro-latina nascida no Harlem, que vive o auge das suas dúvidas e incertezas, e encontra na poesia a melhor forma para expressar suas emoções. Destaque para a narrativa toda em poesia em que o livro é escrito.

As Alegrias da maternidade:

Nessa obra acompanhamos a história de Nnu Ego, uma jovem nigeriana da etnia Igbo, que sempre sonhou ser mãe e vê esse sonho muito próximo quando é enviada para ser esposa de um homem que ela mal conhecia. A autora Buchi Emecheta nos dá um relato de todos os desafios que uma mulher nigeriana sempre enfrentou em uma sociedade extremamente colonialista e patriarcal, e essa protagonista é um retrato dessa luta.

Filhos de sangue e osso:

Esse é o primeiro livro de uma trilogia de fantasia baseada na cultura Iorubá. A autora Tomi Adeyemi é norte América de origem nigeriana e estudou na Bahia todos os preceitos da religião e encorporou tudo isso em sua história. Zélie Adebola é a protagonista dessa obra, ela assiste seu povo ser massacrado por um rei cruel que tem como objetivo principal acabar com a magia e nessa saga o objetivo de Zélie é justamente impedir que isso aconteça.

Heroínas Negras Brasileiras em 15 Cordéis:

Nesse compilado, a cordelista, poeta e romancista Jarid Arraes, nos apresenta essas quinze mulheres negras que fizeram parte da história do nosso país e que não podem de forma alguma serem esquecidas. Encontramos nomes como Carolina Maria de Jesus, Dandara e Tia Ciata, mulheres que cada uma em seu tempo e dentro de seus nichos foram a força e a representatividade da mulher negra.


Leia as últimas matérias escritas por Bárbara Rodrigues